terça-feira, 1 de março de 2011

Especial de carnaval



Vamos celebrar a estupidez humana
A estupidez de todas as nações

O meu país e sua corja de assassinos
Covardes, estupradores e ladrões


Vamos celebrar a estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso Estado, que não é nação
Celebrar a juventude sem escola
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião


Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade.
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado

Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta de hospitais


Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras e seqüestros
Nosso castelo de cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda hipocrisia e toda afetação
Todo roubo e toda a indiferença


Vamos celebrar epidemias:
É a festa da torcida campeã.
Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir

Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar um coração


Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado de absurdos gloriosos
Tudo o que é gratuito e feio
Tudo que é normal
Vamos cantar juntos o Hino Nacional
(A lágrima é verdadeira)
Vamos celebrar nossa saudade
E comemorar a nossa solidão.


Vamos festejar a inveja
A intolerância e a incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente a vida inteira
E agora não tem mais direito a nada
Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta de bom senso
Nosso descaso por educação


Vamos celebrar o horror
De tudo isso - com festa, velório e caixão
Está tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou esta canção.


Venha, meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão.


Venha, o amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera -
Nosso futuro recomeça:
Venha, que o que vem é perfeição.

Perfeição - Legião Urbana





Argumento


Mas se todos fazem


De: Francisco Alvim


Esse micro poema, infelizmente é uma frase que se ouve com freqüência e que define uma crítica mais ampla a sociedade brasileira: desculpam-se as próprias falhas em função das falhas alheias. 


"Traduzindo"
Eles erram
Vós errais
Nós erramos, mas se todos erram...
Ele erra
Tu erras 
Eu erro, mas se todos erram, por que eu vou me martirizar!?
E assim fazemos "merda" em cima da "bosta".

7 comentários:

  1. Parabéns pelo blog.. entra no meu e se gostar pode seguir!!

    ps.: estou te seguindo!

    Abraço,
    P.A.
    _________________________
    http://www.preguicaalheia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi!E a minha primeira vez aqui,e adorei o blog,você esta de parabéns.Já estou seguindo!
    Depois faz uma visitinha no meu,se gostarem siga também..

    beijos
    http://alternativofashionista.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. U ul! Gostei muito da música Perfeição para o post especial de carnaval, porque de verdade acho que nessa época do ano o mundo se esquece e camufla os muito defeitos do mundo

    http://desdeocomeco-hatinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. legião \o/

    Olá sou da comunidade de divulgação do orkut, vim te da uma força, se puder me siga tb!

    ResponderExcluir
  5. Oi adorei o blog!!
    Erramos a toda hora, e com eles aprendemos também!!!
    Se puder segui o meu

    ResponderExcluir
  6. Oi sou da comunidade e estou te seguindo,amei seu blog e estarei sempre por aki,segue o meu tb?

    ResponderExcluir
  7. Oi linda,
    Entendo e concordo com a proposta desse post.O curioso,é que háuns dois anos atrás,eu postei esse mesmo vídeo,no feriado da Pascoa,e nessa época,aconteciam algumas coisas tão importantes...me fez viajar no tempo!
    Vc disse que não conseguiu seguir,às vezes o blogspot dá problema mesmo,mas eu vou seguir vc mesmo assim e se uma hora vc passar lá e Con -Seguir (heheheh),tá valendo :)
    Grande beijo,sucesso :)

    ResponderExcluir